Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra

Torneio de Sueca, Almoço e Magusto

 

A direção Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra – CCPS, promoveu no passado dia 8 de Novembro uma grande jornada de convívio.O Jogo de Sueca foi o pretexto para “tocar a reunir”. A Casa concelhia pampilhosense abriu as suas portas, para receber os participantes no 7º Torneio de Sueca Inter-coletividades, associados e amigos.

Esta iniciativa que teve como objectivo a promoção do convívio, amizade e intercâmbio entre pampilhosenses e outros amigos oriundos da região, contou com a presença de 12 equipas, em representação de várias aldeias de Norte a Sul do concelho, participando ainda algumas equipas mistas de conterrâneos, na maioria a viver e trabalhar na região da grande Lisboa.

Registámos a presença das equipas e participantes das aldeias pampilhosenses de Camba, Ponte de Fajão, Machio de Baixo, Vale Derradeiro, Meãs, Malhada do Rei, Lomba do Barco, Trinhão e Maria Gomes.

Pelas 9:00 da manhã, foi realizado o sorteio dos jogos e apresentado o regulamento do torneio, iniciando-se logo de seguida os jogos que decorreram de forma bem disputada. Entretanto na cozinha da Casa, já a Olinda Gonçalves (Camba) e os ajudantes José Ferreira (Praçais) e Nuno Figueira (Padrões), preparavam o almoço que foi servido a todos pelas 13:30 horas.

No almoço o salão estava bem composto, tendo-se juntado aos jogadores de Sueca alguns convidados e amigos. Para além da presença de José Ferreira, presidente da direção da CCPS e Carlos Simões, vice presidente, e outros membros diretivos, esteve presente o presidente da direção da congénere Casa do Concelho da Sertã, Pedro Amaro, que se juntou à festa.

Da ementa, constava entrada de queijo fresco, seguindo-se sopa de espinafres e uma deliciosa Feijoada à Moda da Serra, rematada com Tigelada e fruta da época, café e digestivo. Já com o estômago mais aconchegado, os jogadores de Sueca voltaram à carga para terminar a competição.

Conforme prometido, após o torneio surgiram na sala tabuleiros com as apreciadas castanhas assadas e bom vinho, sem que antes fossem entregues os troféus relativos ao torneio de Sueca.

O 1º lugar foi para uma equipa convidada de Ponte de Fajão, formada por João e Manuel do Peixe, que contou com vitórias em todos os jogos disputados, vencendo na final a equipa mista de Malhada do Rei e Camba, formada por Joaquim Simão e Vitor Gonçalves. De Meãs a equipa formada por Aurélio Ramos e Armindo arrebatou o 3º lugar ao vencerem o Manuel Xavier e o Lucas, de Machio de Baixo que se ficaram pelo 4º posto.

A classificação final foi a seguinte:

 

EQUIPA

Jogadores

Ponte de Fajão C

João

Manuel do Peixe

Malhada do Rei/Camba

Joaquim Simão

Vitor Gonçalves

Meãs

Aurélio Ramos

Armindo

Machio de Baixo

Manuel Xavier

Lucas

Vale Derradeiro A

José Almeida

Maurício Mendes

Vale Derradeiro B

Abel Almeida

Eduardo Almeida

Ponte de Fajão A

Jorge Morais

José Pascoal

Ponte de Fajão B

José Joaquim

Joaquim Nunes

Camba

Adélio Francisco

Manuel Brás

10º

Camba/Ponte de Fajão

Carlos Gonçalves

Jorge Simão

11º

Trinhão/Maria Gomes

Anselmo Lopes

Ludovina Lopes

12º

Lomba do Barco

David Lopes

João Mendes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os troféus foram atribuídos até ao 4º classificado, tendo sido patrocinados por empresas pertencentes a empresários pampilhosenses, aos quais a direção da CCPS agradece o apoio concedido, tornando assim possível a realização destes eventos a custos menores para a CCPS e para os participantes. As empresas foram: Patamaresprial, A.V.A.C. Lda (Malhada do Rei); Restaurante Solar dos Duques (Ponte de Fajão); Snack-Bar S. Lázaro (Camba); Link – Seguros (Trinhão); Vigaprintes (Malhada do Rei) e Construções Pereira de Moura, Lda (Covanca). Foram ainda entregues medalhas de participação a todos os jogadores e uma medalha à cozinheira Olinda Gonçalves como agradecimento pelo apoio.

A tarde animou com a chegada dos elementos do Rancho Folclórico da Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra para o magusto e o pica-pau, regado pela água-pé do Anselmo e do José Alexandre e, com a contribuição do Carlos Manuel, presidente da Casa da Comarca de Arganil, com o fornecimento de um barril de cerveja. A festa continuou até à noite com muita música e dança, e momentos de animados cantares à desgarrada.

Uma grande jornada de convívio foi o que se viveu neste solarengo domingo de outono que mais parecia verão. O regionalismo no seu melhor.

 

 

Carlos Simões

10NOV2015

Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra todos os direitos reservados

webmaster

Top Desktop version

Este Website usa Cookies ..... Ver Politica e Privacidade