Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra

Relatório e Contas 2015

ASSEMBLEIA-GERAL 31 DE JANEIRO DE 2016

   CONVOCATÓRIA / RELATÓRIO DA DIRECÇÃO E CONTAS E PARECER DO CONSELHO FISCAL

 ANO 2015

 CONVOCATÓRIA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA

 Nos termos dos Estatutos da Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra, cumpre convocar os Associados desta Instituição de utilidade pública, em pleno gozo dos seus direitos, para a Assembleia Geral Ordinária, a realizar no próximo dia 31 de Janeiro de 2016, domingo, pelas 14h30m, na sua sede, Rua das Escolas Gerais, 82, Lisboa, com a seguinte

ORDEM DE TRABALHOS

 

1. Apreciação e Discussão do Relatório e Contas do exercício de 2015 e votação das propostas nele contidas;

2. Leitura do Parecer do Conselho Fiscal e votação das suas propostas;

3. Apreciação, Discussão e Votação do Plano de Atividades e do Orçamento para o exercício de 2016;

5. Assuntos de interesse geral.

Mais cumpre informar que, de acordo com o disposto nos Estatutos da Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra, não se encontrando presente a maioria dos associados na hora acima referida, (14h30m), a Assembleia Geral reunirá, em segunda convocatória, trinta minutos depois, ou seja, pelas 15h00, com qualquer número de presenças.

Pela Mesa da Assembleia Geral

O Presidente

(João Manuel de Matos Ramos)

 

CASA DO CONCELHO DE PAMPILHOSA DA SERRA

 

RELATÓRIO DA DIRECÇÃO

 

 Caro (a) Associado (a), Cara Filiada, Conterrâneos,

 

A Direção da Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra, eleita para o biénio 2015/2016, no cumprimento do que estatutariamente estabelecem os estatutos e regulamentos desta Casa Concelhia, e no respeito mais elevado para com toda a comunidade pampilhosense e parceiros nas atividades da Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra, aqui estamos a colocar à consideração de todos o balanço do nosso trabalho ao longo do ano de 2015, e, conjuntamente, apresentamos as contas que se encontram resumidas no Balancete e informações complementares inscritas neste documento.

 

Saudamos muito fraternamente todos os Autarcas do nosso Concelho, aos membros de todas as entidades, desportivas, corporativas e de solidariedade, os companheiros Regionalistas e, de modo muito especial, todos quantos individual ou coletivamente ao longo deste ano de 2015 connosco estiveram e colaboraram, fazendo votos que concretizem positivamente os objetivos que têm desenhados para realizar no presente ano de 2016.

 

Ao longo deste ano em que conduzimos os destinos da Casa do Concelho nem sempre teremos correspondido aos anseios do colectivo dos Associados e Leitores do Serras e, complementarmente da comunidade pampilhosense, mas podemos serenamente expressar que nos sentimos bem connosco e com a nossa consciência, pois fizemos sempre aquilo que a nossa disponibilidade física, intelectual e material permitiu, e sempre com o sentido de servir esta Casa e o nosso Concelho de Pampilhosa da Serra.

 

Em termos organizacionais e de controlo da vida da Casa do Concelho e no que se relaciona com a comunicação e vivências com as estruturas da Casa, Entidades Externas, Filiadas, Associados e Leitores do Serras, procuramos dignificar a imagem da nossa Casa Concelhia, estando persuadidos que o conseguimos fazer. Não obtivemos os resultados financeiros que perspectivavamos e pretendíamos alcançar, mas deparando-se o movimento associativo hoje com as contingências existentes na sociedade, espelha ele também de uma forma mais expressa as suas próprias fragilidades, e a Casa do Concelho não fica, obviamente, afastada dessa realidade.

 

Como se constata da leitura das contas, tivemos este ano a que respeita o relatório (ano de 2015) um resultado negativo de euros =5.300,64, cumprindo-nos entretanto referir que este valor negativo virá a ser significativamente reduzido aquando do recebimento de subsídios de algumas entidades, nesta data já assumidos mas que decidimos não quantificar como receita sem que tenhamos na nossa posse os meios de pagamento.

 

Ainda assim fomos conseguindo levar a cabo o programa de actividades que desenhamos e a Assembleia Geral aprovou, graça aos contributos que a título de subsídio recebemos da Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra e de donativos de alguns dedicados amigos da Casa e da sua estrutura (Estrutura Etnográfica e Jornal), bem como a comparticipação por parte da Junta de Freguesia de Santa Maria Maior nos custos de eventos que realizamos, sendo que a todos a Direção expressa com imenso carinho um grande BEM-HAJA.

 

Representação Social Desporto e Recreio

 

Tivemos ao longo do ano permanente preocupação de representação social da CCPS, designadamente junto das filiadas e de outras associações e entidades similares, no sentido de se desenvolverem ações de proximidade que é reconhecida por todos os nossos parceiros. A presença em inúmeros eventos foi igualmente importante pela colaboração que proporcionou ao Jornal “Serras da Pampilhosa” e ao próprio Rancho da CCPS, num espirito de cooperação muito positivo.

 

Levamos a efeito, no dia 08 de Novembro, um torneio de Sueca entre Associados, tendo este evento proporcionado um convívio muito salutar no decorrer de um Sábado em que ocorreu efetiva vida nas instalações da Casa do Concelho, seguido de um magusto em que se integraram os elementos da Estrutura Etnográfica da nossa Casa Concelhia.

 

Festa de Santo António na Casa do Concelho

A Junta de Freguesia de Santa Maria Maior em cooperação com o Museu Antoniano propôs aos Clubes, Associações e Casas Regionais sediadas na Freguesia, a realização do Trono de Santo António nas instalações de cada Associação, tendo neste contexto no decurso de mês de Junho a Casa do Concelho nas instalações da sua sede edificado um trono de Santo António, o qual, tal como outros, integra um livro editado pelo Museu Antoniano e ofertado a todas as entidades que aderiram à proposta apresentada.

Estrutura Etnográfica – Rancho Folclórico, Serranitos e Bombos.

A vida na Casa do Concelho vai para além da representatividade e das preocupações do seu equilíbrio financeiro, uma vez que a integram dois importantíssimos elos, sendo eles a Estrutura Etnográfica e o Jornal “Serras da Pampilhosa”.

O conjunto da Estrutura Etnográfica da Casa do Concelho é sem dúvida o obreiro da propagação do nome, tradições e do saber do nosso concelho pelas mais diferentes regiões do território português, particularmente na região da capital do país, a cidade de Lisboa.

Evidenciamos o número de atuações que a Estrutura Etnográfica realizou no ano de 2015, que descriminamos numa outra página deste relatório:

- 24 atuações do Rancho Folclórico;

- 21 atuações dos Serranitos;

- 4 atuações dos Bombos.

Se procedermos à conversão em horas deste conjunto de atuações constatamos que só a disponibilidade da dispensa de muitas horas pelos elementos que integram a Estrutura Etnográfica da Casa do Concelho possibilitaram este tão significativo número de atuações.

Merecem-nos destaque a participação nos seguintes eventos:

- A participação no Aniversário do Rancho e da CCPS/Serras da Pampilhosa e o Almoço de Natal do Rancho;

- A realização do 2.º Encontro de Concertinas da CCPS, tendo este evento gerado um movimento de mais de meio milhar de pessoas nas nossa sede durante a tarde do dia 19 de Abril, onde dezenas de Grupos de concertinas tiveram a oportunidade de apresentar as suas capacidades de execução musical;

- A presença na FIA (Feira do Artesanato em Lisboa) e nas Festas do Concelho em Pampilhosa da Serra, promovidas pelo Município Pampilhosense;

- A organização de mais uma Festa do Folclore, que em Setembro realizamos em Alfama, com o apoio da Junta de Freguesia de Santa Maria Maior;

- A presença nos Encontros das Casas Regionais em Lisboa, organizados pela ACRL.

Mas o tempo despendido pelos elementos que compõem a Estrutura Etnográfica da Casa, muitos ainda jovens, não é apenas o que disponibilizam para as atuações, normalmente aos fins-de-semana, mas também para os ensaios, e perante esta disponibilidade só podemos expressar a todos a nossa admiração e respeito por aqui estarem e constituírem um grupo que tanto admiramos.

Jornal “SERRAS DA PAMPILHOSA”

O Diretor do Jornal e Vice-Presidente Armindo Antunes, muito embora a passar por um período difícil, em face da existência de alguns problemas de saúde que está a procurar ultrapassar, vem liderando a pesquisa de informações e os trabalhos de gestão dos conteúdos e a edição mensal deste importante serviço que a Casa do Concelho vem prestando à comunidade pampilhosense, espalhada pelos quatro cantos do mundo, ininterruptamente desde 1999.

A continuidade deste projecto tem custos significativos para a Casa do Concelho, mas temos o sentimento de que a sua existência é peça essencial para a Casa e para o Concelho de Pampilhosa da Serra. Publicação congénere deixou em tempos de ser publicada, mas em função de expressões das populações no sentido da necessidade da sua continuidade juntaram-se vontades e hoje volta a chegar aos leitores. Temos uma férrea força de vontade de criar todas as condições para que o “SERRAS DA PAMPILHOSA” seja por muitos e bons anos publicado.

Deixamos aqui palavras de apreço e agradecimento, quer aos redatores e colaboradores mais assíduos, quer aos empresários, instituições e pampilhosenses em geral que ajudam a sustentar economicamente o Jornal “SERRAS DA PAMPILHOSA”.

Apesar de uma ou outra crítica, umas vezes justas outra nem por isso, estamos convencidos que os leitores do ”SERRAS DA PAMPILHOSA” estarão globalmente satisfeitos pelo desempenho do conjunto das pessoas que têm possibilitado o envio mensal do jornal aos seus leitores.

Participação da Casa na Associação das Casas Regionais em Lisboa

Durante o ano de 2015 a Casa do Concelho teve uma permanente participação nas atividades organizadas pela ACRL-Associação das Casa Regionais em Lisboa. Participamos em todas as Assembleias Gerais, integrando a Casa do Concelho a Mesa da Assembleia Geral, com funções de secretariado, e estivemos presentes nas diversas reuniões para que fomos convocados.

Participamos nos eventos promovidos pela Associação, nomeadamente:

- No Encontro da ACRL em Marvila, Vale Fundão;

- No almoço festivo do aniversário da Associação.

Conclusão

Procurou a Direção, neste ano de mandato, ter sentido de servir as Gentes do concelho de Pampilhosa da Serra em qualquer das partes do mundo em que habitam.

Disponíveis para continuarmos a empenhar-nos em prol do Regionalismo, do concelho de Pampilhosa da Serra e das suas Gentes, deixamos aqui votos de um BOM ano de 2016, pedindo a todos disponibilidade para uma sã e profícua colaboração com o Regionalismo e com a Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra, especialmente neste ano de 2016 em que se completam 75 anos da fundação desta digníssima instituição que é a base de encontro da diáspora pampilhosense em Lisboa

“CASA DO CONCELHO DE PAMPILHOSA DA SERRA – Rua das Escolas Gerais, n.º 82, Lisboa”.

A Direção

 

CASA DO CONCELHO DE PAMPILHOSA DA SERRA

 

BALANCETE DE 2015

 

SALDO DO EXERCÍCIO ANTERIOR (2014) 11,758,57 €

 

Receitas

 

Despesas

 

Quotização:

Associados

Filiadas

Sub Total

 

Casa:

Rendas N.º 80

Donativos Diversos

Instalações

Sub Total

 

Grupo Etnográfico:

Donativos Diversos

Donativos Atuações

Sub Total

 

Jornal:

Donativos Diversos

Assinaturas

Entregas Avulso

Donativos Empresas

Sub Total

 

 

TOTAL RECEITAS

 

 

 

 

 

Resumo:

Transportado de 2014

Pagamentos ao Estado

Saldo do Movimento de 2015

Soma

 

 

 

 

 

Depósito em Bancos

Existência em Caixa

Saldo no Pré-Ativo CTT

Adiantamento Fornecimentos

 

Existências Transferir 2016

 

1.069,50€

815,00€

1.884,50€

 

 

1.800,00€

6.576,77€

850,00€

9.226,77€

 

 

3.595,00€

2.850,00€

6,445,00€

 

 

3.295,00€

7.731,59€

96,75€

3.650,00€

14.773,34€

 

 

32.329,61€

 

 

 

 

 

 

11.758,57

(283,58)

(5.300,64)

6.174,35

 

 

 

 

 

3.439,06

1.254,52

70,76

1.410,01

 

6.174,35

 

Casa:

Assembleias Gerais

Eletricidade

Água

Combustível

Gás

Transportes Pessoal

Comunicações PT

Correio

Quotização Associações

Seguro Instalações

Material Escritório

Livros Documentação Técnica

Impressão Relatório e Contas

Artigos Para Oferta

Materiais de Cozinha

Produtos Limpeza

Materiais Conservação

Reparações

Vigilância e Segurança

Produtos Para o Bar

Comissões Bancárias

Almoço Aniversário

Festa dos Santos Populares

Sessão de Fados

Torneio Sueca e Magusto

Gastos Diversos

Impostos (IMT+Selo)

Taxas

Sub Total

 

Estagiário:

Remunerações

Sub. Alimentação

Encargos Sociais

Sub Total

 

Grupo Etnográfico:

Trajes e Material Diverso

Aniversário do Rancho

Festa Folclore Alfama

Almoço de Natal

Deslocações

Compra Produtos Lanches

Encontro de Concertinas

Sub Total

 

Jornal:

Impressão

Correio

Sub Total

 

TOTAL CUSTOS

 

190,68€

1.029,85€

370,14€

2.366,40€

264,45€

321,00€

1.034,05€

9,10€

50,00€

125,68€

768,29€

40,00€

461,25€

90,00€

281,58€

23,74€

13,58€

146,85€

73,80€

209,20€

12,48€

1.225,59€

53,95€

314,33€

325,55€

308,33€

557,08€

308,80€

10.975,75€

 

 

299,74€

34,16€

66,84€

400,74€

 

 

1.002,02€

327,03€

397,36€

310,20€

2.395,06€

851,41€

257,10€

5.540,18€

 

 

16.981,62€

3.731,96€

20.713,58€

 

37.630,25€

 

CASA DO CONCELHO DE PAMPILHOSA DA SERRA

 

DESCRIÇÃO DE OCORRÊNCIAS NO ANO DE 2014

 

 

SUBSÍDIOS, DONATIVOS E DIVERSOS

 

 

Subsídios e Donativos:

 

Casa:

Município de Pampilhosa da Serra

Aires Fernandes Almeida

Junta Freg. Santa Maria Maior

Sociedade Polux

Dra. Telma Barata

Diversos

Sub Total

 

Grupo Etnográfico:

Município de Pampilhosa da Serra

Aires Fernandes Almeida

Anselmo Garcia Lopes

Câmara Municipal Odemira

Carcavelos de Loures

C.A. Melhoramentos da Camba

C.A. Melhoramentos Porto Balsa

C.M. Povo Carvoeiro

Liga Pró Melh. Freguesia Fajão

Ex. Alunos Pampilhosa da Serra

Junta Freguesia Costa da Caparica

Ribeiro Soutelinho e Folgares

Ceiroco

Diversos

Sub Total

 

Jornal:

Município de Pampilhosa da Serra

Diversos

Sub Total

 

 

 

Direcção:

Presidente - José Fernandes Ferreira

Vice-Presidente – António Barata Lopes

Vice-Presidente – Armindo Martins Antunes

Vice Presidente – Carlos Alberto da Costa

Pereira Simões

Vice-Presidente – Sérgio António Gaspar

Vicente

Tesoureira – Natalina Barata Nunes

Secretário – André Filipe Luís Mendes

Secretário – José Henriques Antão Fernandes

Secretário – Nuno Miguel Marques

Barata-Figueira

Suplente – António dos Reis Pereira

Suplente – José Carlos Borbinhas Cabaços

 

 

 

 

 

1.000,00€

500,00€

350,00€

358,00€

500,00€

3.868,77€

6.576,77€

 

 

3.000,00€

500,00€

50,00€

500,00€

150,00€

150,00€

100,00€

200,00€

150,00€

63,00€

500,00€

600,00€

150,00€

332,00€

6.445,00€

 

 

3.000,00€

295,00€

3.295,00€

 

 

 

Atuações Grupo Etnográfico:

Lisboa-Almoço de Natal do Grupo

 

Rancho:

Feira do Fumeiro – Costa da Caparica

Feira do Fumeiro – Costa da Caparica

Mercado Sapadores – J.Freg.Penha França

Ensaio com ex-alunos Escola Pampilhosa

Almoço 31.º Aniversário do RFCCPS

Entrevista e Tocata Rádio - RTP

Almoço da Liga do Vale Derradeiro

Odemira – Festival Folclore

As.Humanitária Bombeiros Vol. Fanhões

Lisboa - 74.º Aniversário CCPS e Jornal

Prior Velho – Festa Instalações HERTZ

Carcavelos de Loures - Festa

Marvila dos Sabores

Lisboa, Chelas – Igreja Santa Beatriz

Lisboa – FIA – Feira Internacional Lisboa

Lisboa _ Olivais/Encarnação

Algueirão/Mem Martins, Festival Folclore

Ribeiro Soutelinho e Folgares – Festa Anual

Amarante – Festival de Folclore

Pampilhosa da Serra–Feira Art.Gastronomia

Carvoeiro/Pamp. Serra – Festa Anual

Parque de Loures – Piquenique do Rancho

Lisboa – Festival de Folclore do RFCCPS

Marvila - Vale Fundão, Festival da ACRL

 

Serranitos:

Feira do Fumeiro – Costa da Caparica

Carcavelos – Loures

Enc. Concertinas – Casa Comarca Arganil

Lisboa - Almoço da Liga de Fajão

Entrevista e Tocata “Clube Amizade” RDPi

II Encontro Concertinas CCPS

Fernão Ferro ( Aires Fernandes Almeida)

Lisboa - Almoço de Porto da Balsa

Santarém – IEFP (Feira Nac. Agricultura)

Sobral Monte Agraço - Casamento

Carcavelos de Loures - Festa

Marvila dos Sabores

Parque Monsanto – Romaria Limiana

Pontinha – Piquenique Casa Aguiar da Beira

Serra da Luz

Lisboa – Festival de Folclore do RFCCPS

Igreja de Famões

Marvila - Vale Fundão, Festival da ACRL

Lisboa - Almoço Rib.Soutelinho e Folgares

Odivelas/Bons Dias – Arruada de Natal

Seixal – Associação Amigos do Pinhal Novo

 

Bombos:

Feira do Fumeiro – Costa da Caparica

RDP Internacional – Entrevista

Marvila dos Sabores

Parque Monsanto – Romaria Limiana

 

 

 

20 Dezembro

 

 

21 Fevereiro

22 Fevereiro

14 Março

21 Março

22 Março

28 Março

29 Março

25 Abril

31 Maio

7 Junho

20 Junho

21 Junho

27 Junho

5 Julho

5 Julho

25 Julho

26 Julho

2 Agosto

8 Agosto

15 Agosto

15 Agosto

20 Setembro

26 Setembro

25 Outubro

 

 

21 Fevereiro

01 Março

01 Março

08 Março

18 Abril

19 Abril

16 Maio

17 Maio

13 Junho

14 Junho

21 Junho

26 Junho

28 Junho

12 Julho

19 Setembro

26 Setembro

18 Outubro

25 Outubro

6 Dezembro

12 Dezembro

13 Dezembro

 

 

 

21 Fevereiro

2 Maio

27 Junho

28 Junho

 

CASA DO CONCELHO DE PAMPILHOSA DA SERRA

 

PLANO DE ACTIVIDADES E ORÇAMENTO PARA O ANO DE 2016

 

PLANO DE ACTIVIDADES PARA 2016

O Plano de Atividades é um documento que, em articulação com o orçamento, tem por base a continuidade do ciclo das atividades a levar a efeito na Casa do Concelho ao longo do ano de 2016.

Porque se trata de um plano e de um orçamento, aquando da sua elaboração pela Direção e da apreciação pelos Associados em Assembleia Geral, a programação aqui inscrita poderá sofrer algumas alterações no sentido de o compatibilizar com a realidade de cada momento, adequando este Plano ao incremento das atividades.

Neste contexto, identificamos as principais linhas de ação a desenvolver ao longo do ano de 2016:

1. Comemoração do 31.º aniversário do Rancho Folclórico da Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra:

Para efeitos dessa comemoração levar-se-á a efeito a realização de um almoço no decorrer da segunda quinzena de Março, em princípio a 20 de Março.

2. Encontro de Concertinas:

Prevemos realizar o terceiro encontro de concertinas da CCPS em meados do mês de Abril.

 

3. Atividades Culturais e Recreativas:

Manter a dinâmica do pelouro do desporto, cultura e recreio na organização de eventos como o Torneio de Futsal Inter-Filiadas, previsto para os meses de Abril e Maio, bem como o torneio da sueca em Novembro, e ainda outras atividades que promovam o convívio dos associados e da comunidade pampilhosense em geral.

 

 

4. Comemorações do 75.º aniversário da Casa do Concelho:

 

a) – Realizar um evento no dia 01 de Junho na nossa sede alusivo à data da fundação da Casa, por forma a dar o devido realce ao 75.º Aniversário;

 

b) - Realizar no dia 05 de Junho o Almoço do 75.º Aniversário da Casa e 17.º Aniversário do Jornal “Serras da Pampilhosa.

 

5. Parcerias com entidades locais e associativas:

A CCPS programa colaborar com o Município de Pampilhosa da Serra, nas iniciativas em que este venha a participar ou a promover (exemplos de anos anteriores: Bolsa de Turismo de Lisboa, FIA Artesanato, em Lisboa e Feira do Artesanato e Gastronomia na Vila de Pampilhosa da Serra, por ocasião das festas do Concelho);

No princípio da cooperação com outras entidades, a CCPS participará nas iniciativas da ACRL – Associação das Casas Regionais em Lisboa, nomeadamente no Fim-de-Semana das Regiões; Visitas das Casas Regionais a concelhos das suas filiadas; Encontro das Casas Regionais em Lisboa; Almoço de Aniversário da ACRL, em Novembro. Estará ainda disponível para cooperação com a Confederação das Coletividades (CPCCRD) na sua qualidade de Associação Concelhia de Coletividades;

Organizar no Bairro de Alfama uma Festa do Folclore, em parceria com a Junta de Freguesia de Santa Maria Maior;

A CCPS estará ainda disponível para cooperar com outras entidades locais e associativas em atividades de interesse comum, designadamente com a AJPS e restantes filiadas da Casa, se estas assim o decidirem e nos solicitarem colaboração.

 

 

 

6. Dinamização das relações com as Filiadas e com outras Associações do Concelho:

Atribuímos especial interesse ao bom e são relacionamento e intercâmbio com todas as entidades do concelho, no sentido de “Unir e servir a comunidade pampilhosense espalhada pelo País e pelo Mundo”.

7. Estrutura Etnográfica da Casa do Concelho:

Sendo o Rancho Folclórico, os Serranitos e os Bombos a Estrutura Etnográfica da Casa, são de per si e no seu conjunto os principais embaixadores da nossa cultura pampilhosense, e nesse sentido é para a Direção um especial motivo de incondicional apoio. A progressiva renovação do Rancho, que actualmente conta com um elevado número de jovens, conjugada com o respeito e valorização das tradições pampilhosenses e o saber dos mais idosos e experientes, fazem com que este grupo incorpore um conjunto de competências que muito dignificam a Casa do Concelho e o território da Pampilhosa da Serra. A frequente solicitação para a realização de atuações no concelho e em todo o território nacional é uma realidade, colocando a Direção toda a disponibilidade possível para corresponder às necessidades que venham a ocorrer em cada momento. O almoço de Natal do Rancho, no mês de Dezembro, deverá corresponder, como habitualmente, ao encerramento das atividades anuais da Casa do Concelho e até pela quadra em que se realiza devemos fazer dele uma referência marcante, no sentido de um reforço do bom entendimento entre o Grupo e uma eficaz mobilização para o ano seguinte.

 

8. Jornal “Serras da Pampilhosa” e comunicação:

O jornal é um dos principais elos de ligação dos pampilhosenses espalhados pelo país e pelo mundo. É um órgão de informação da vida passada e atual do território da Pampilhosa da Serra, com uma linha editorial independente e com uma relevante aposta na divulgação da vida e do património do concelho. A cooperação com o sitio da CCPS na Internet e a comunicação através das redes sociais, como fator de aproximação à grande comunidade pampilhosense, deverão igualmente fazer parte da estratégia de desenvolvimento. Em face do que é a sua relevante existência, a Direção só pode manifestar toda a disponibilidade possível para um apoio consentâneo com a sua qualidade de grande meio de informação do nosso território pampilhosense.

9. Instalações da Casa do Concelho e sua abertura diária à comunidade pampilhosense:

Neste ano em que comemoraremos o 75.º aniversário da Casa e dispondo de uma área bastante significativa com possibilidade de ser utilizada, procuraremos, na medida em que tal nos for possível, levar a cabo a realização de alguns eventos com uma frequência mais assídua.

 

10. Regulamentos Internos da CCPS

Mantém-se a necessidade de adaptar o regulamento interno da CPPS à realidade estatutária atual, sendo imperioso enquadrar o conjunto dos regulamentos existentes, bem como estudar a oportunidade de criar novas regras de funcionamento e um adequado enquadramento das atividades da Casa nas suas múltiplas valências. Procuraremos levar a efeito esta tarefa.

 

O plano de atividades da CCPS identifica e esclarece as principais linhas de ação a desenvolver face às prioridades programáticas mais relevantes, tendo em conta o seu âmbito de competências, mas não prejudicando, obviamente, todas as iniciativas que a Direcção em cada momento pretenda levar a cabo, bem como os ajustamentos que entenda introduzir às propostas agora apresentadas, no respeito pelos fins da associação e tendo em conta a sua sustentabilidade económica e financeira.

A DIRECÇÃO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CASA DO CONCELHO DE PAMPILHOSA DA SERRA

 

ORÇAMENTO PARA 2016

 

 

 

 

Receitas

 

Despesas

 

Quotização:

Associados

Filiadas

Sub Total

 

Casa:

Aniversário

Rendas N.º 80

Donativos Diversos

Actividades

Instalações

Sub Total

 

Grupo Etnográfico:

Donativos Diversos

Donativos Atuações

Sub Total

 

Jornal:

Donativos Diversos

Assinaturas

Entregas Avulso

Donativos Empresas

Sub Total

 

 

 

 

TOTAL DE RECEITAS

 

 

 

 

1.450,00 €

1.135,00 €

2.585,00 €

 

 

1.540,00 €

2.200,00 €

3.800,00 €

800,00 €

1.500,00 €

9.840,00 €

 

 

4.000,00 €

3.000,00 €

7.000,00 €

 

 

3.500,00 €

7.780,00 €

200,00 €

9.000,00 €

20.480,00 €

 

 

 

 

39.905,00 €

 

 

 

 

 

Casa:

Assembleias Gerais

Electricidade

Água

Combustível

Gás

Transportes Pessoal

Comunicações PT

Correio

Quotização Associações

Seguro Instalações

Material Escritório

Artigos Para Oferta

Materiais de Cozinha

Produtos Limpeza

Materiais Conservação

Reparações

Produtos Para o Bar

Comissões Bancárias

Almoço Aniversário

Festa dos Santos Populares

Sessão de Fados

Torneio Futsal e Sueca

Gastos Diversos

Taxas e Impostos

Sub Total

 

Grupo Etnográfico:

Trajes e Material Diverso

Aniversário do Rancho

Festa Folclore Alfama

Almoço de Natal

Deslocações

Compra de Produtos Lanches

Encontro de Concertinas

Sub Total

 

Jornal:

Impressão

Correio

Sub Total

 

TOTAL DE CUSTOS

 

495,00 €

1.065,95€

370,12€

2.450,00€

287,5€

440,00€

1.135,00€

65,00€

420,00€

125,68€

335,50€

150,00€

420,00€

125,00€

246,00€

165,00€

305,00€

15,00€

1.220,00€

120,00€

450,00€

350,00€

30800€

222,00€

11.285.75€

 

 

1.420,00€

550,00€

950,00€

630,00€

2.550,00€

475,00€

450,00€

7.025,00€

 

 

16.920,12€

3.806,60€

20.726,72€

 

39.037,47€

 

 

 

 

 

 

CASA DO CONCELHO DE PAMPILHOSA DA SERRA

 

PARECER DO CONSELHO FISCAL

 

 

 

Nos termos das disposições legais e estatutárias, o Conselho Fiscal emite o presente parecer sobre os documentos de prestação de contas da Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra.

 

Assim, respeitante às Contas de 2015, foram as mesmas conferidas com o devido rigor, resultando dessa análise, a verificação de um saldo Operacional Negativo em 31 de Dezembro de 2015, de 5.300,64€.

Após uma verificação exaustiva, às Contas, este órgão verificou, que, o Resultado Negativo, que as mesmas apresentam, deve-se em boa parte, ao facto de até ao seu encerramento, não terem sido liquidados, os montantes previstos receber em Donativos e que totalizam, 4.200€.

Pelo facto de as contas, não serem sujeitas a certificação legal, vem o Conselho Fiscal elaborar o respectivo Parecer sobre as mesmas, expressando este órgão da Casa do Conselho de Pampilhosa da Serra, algumas considerações, que em nosso entender, nos parecem oportunas e mais relevantes:

 

Assim, o Conselho Fiscal dirige um reconhecimento muito especial à digníssima Direcção, pelo trabalho desenvolvido durante o exercício de 2015, bem como pela forma exemplar como conduziu os serviços nas diversas áreas, da cultura e informação, bem como o contributo do Rancho e Jornal, com especial destaque para o esforço e dedicação dos seus directores e colaboradores, que tanto prestígio dão à Casa do Concelho e ao próprio Concelho.

 

Expressamos um agradecimento a todos os que de alguma forma, colaboraram para que esta “nossa” Casa continue a ser a Embaixada de Pampilhosa da Serra, junto da maior comunidade pampilhosense fora do concelho.

 

Apelamos a todos os associados e filiadas para darem a melhor colaboração a todos os Órgãos Sociais da Casa, pois só assim, em conjunto podemos tornar maior o prestígio que a Casa do Concelho deixou no passado e cremos, continuará a deixar para a história dos vindouros.

 

Porquanto foi dito, o Conselho Fiscal da Casa, recomenda:

1.º Seja aprovado o Relatório e Contas do ano 2015;

 

2.º Sejam atribuídos os seguintes votos de louvor:

a) – A toda a digníssima Direcção;

b) – Director e colaboradores do Jornal Serras;

c) – Ao Rancho Folclórico da Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra

 

Lisboa, 31 de Dezembro de 2015

O CONSELHO FISCAL

 

 

 

 

José Carlos Casimiro Santos Silva

José de Almeida Alexandre

Jorge Baptista Santos Morais

Maria Ludovina Cardoso Lopes

Elisabete Maria Gaspar Vicente

 

Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra todos os direitos reservados

webmaster

Top Desktop version

Este Website usa Cookies ..... Ver Politica e Privacidade