Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra

BOMBEIROS RECONHECIDOS PUBLICAMENTE PELA LIGA DE PESSEGUEIRO

Nas comemorações do seu 79º aniversário, realizadas no dia 3 de fevereiro do corrente, a Liga de Melhoramentos da Freguesia de Pessegueiro, acolheu cerca de 150 pessoas no seu salão, no qual prestou reconhecimento público aos “soldados da paz”, Bombeiros Voluntários de Pampilhosa da Serra.

A coletividade pessegueirense justificou aquele reconhecimento, pelos “altos serviços que diariamente os bombeiros prestam a toda a população, protegendo também o seu património, por vezes arriscando sua própria vida, pelo que devemos render-lhe justa homenagem, tanto à Direção da Associação Humanitária, como ao Comando e Corpo de Bombeiros, pelo que merecem um bem merecido reconhecimento público”.

 

Contando com a colaboração da Junta de Freguesia de Pessegueiro, foi oferecido pela coletividade aos Bombeiros um equipamento para prevenção de ataques cardíacos, designado de Monitor de Sinais Vitais com leitura ECG de 7 derivações com oxímetro e braçadeira adulto pediátrico. Ao que apurámos, este equipamento que poderá ser da mais alta importância para salvar vidas, será instalado numa ambulância oferecida pelo benemérito e bem conhecido artista pampilhosense Tony Carreira.

A Liga de Melhoramentos da Freguesia de Pessegueiro é uma das mais antigas da região que tem prestado altos serviços à população, quer sob presidência de Jorge Moreira e seus prestimosos colaboradores, quer nas direções anteriores, contando com a colaboração das autarquias locais, proporcionando aos pessegueirenses melhores condições sociais e não só. Este ano, além do reconhecimento aos Bombeiros, foram também reconhecidas duas figuras bem conhecidas dos pessegueirenses, pelos relevantes serviços prestados à instituição nos seus 50 anos de associado, sendo agraciados com o emblema dourado da Liga, o Cónego Sertório Batista Martins e Albino Victor Domingos.

No início das comemorações também não foram esquecidos os associados e pessegueirenses falecidos, com celebração da eucaristia na igreja Matriz pelo senhor Padre Ramiro Moreira, acompanhado pelo diácono Júlio Simões, onde foram recordados com saudade os sócios falecidos e felicitados os Bombeiros pelo seu bem-fazer.

O almoço decorreu nas instalações da Liga onde, para dar mais brilho ao evento, estiveram presentes inúmeras entidades, os órgãos sociais da Liga, Junta de freguesia local pelo seu presidente e secretária do executivo, nomeadamente Benjamim Marques e Sandra Custódio, o presidente da Assembleia de freguesia, Manuel de Almeida Ribeiro, o Município de Pampilhosa da Serra pelo seu vice-presidente Eng.º Jorge Custódio e vereador João Santos Alves, o Comandante operacional distrital de operações de socorro de Coimbra (CODIS), Carlos Luís Tavares, os presidente, vice-presidente e Comandante dos Bombeiros, nomeadamente, Dr. João Ramos, António Caetano e Marco Alegre, acompanhados de inúmeros bombeiros, diversas Juntas de freguesia do concelho, nomeadamente, Cabril pela presidente do executivo e da assembleia de freguesia, nomeadamente Eng.ª Anabela Martins e Carminda Teodoro Santos, Fajão-Vidual pelo seu secretário Américo Almeida, Janeiro de Baixo pelo seu presidente José de Jesus Martins, Portela do Fojo-Machio pelo seu secretário Álvaro Margarido, representantes da Casa da Comarca de Arganil e Pampilhosa da Serra, representantes de coletividades regionalistas de Coelhal, Braçal, Malhadas da Serra e Sobral Bendito, a imprensa regional também marcou presença, com os jornais “Diário de Coimbra”, “A Comarca de Arganil” e o “SERRAS DA PAMPILHOSA”.

No uso da palavra o presidente da direção Jorge Moreira, dirigiu-se às individualidades presentes saudando-os e agradecendo a presença, em especial ao CODIS de Coimbra, Carlos Luiz Tavares, que por ser a primeira vez que vinha a Pessegueiro, lhe desejou as boas vindas e que ai fosse sempre e por bons motivos. Apresentou os cumprimentos de Hermano Almeida, presidente da Assembleia Municipal que enviou email a saudar a coletividade.

Jorge Moreira salientou que a instituição que honra presidir, com seus colaboradores, “tudo tem feito e continuará fazer pelo progresso da freguesia, sendo operadas significativas e exigentes alterações devido à constante evolução da humanidade, quer em termos sociais quer económicos e culturais”, mostrou-se confiante e disse “tudo fazer pela concretização do bem de todos os que visitam esta agradável localidade, não esquecendo a energia necessária para o bom funcionamento da instituição, provando a todos os associados, nomeadamente aqueles que por carolice se têm dedicado a esta causa, e aos que em boa hora se prontificaram a criar esta instituição, que sem qualquer remuneração têm contribuído para o engrandecimento de Pessegueiro”. Referiu que “dentro de semanas terá lugar a assembleia eleitoral, sendo importante a renovação de seus órgãos sociais, essencial para seu bom funcionamento, para dar seguimento ao percurso traçado há 79 anos pelos nossos antepassados, honrando assim sua grandiosa obra”.

Referiu-se aos senhores Cónego Sertório Batista Martins e Albino Victor Domingos, como associados que completaram os 50 anos e aos quais foi atribuído o emblema dourado da instituição, agradecendo a colaboração sempre dispensada.

Na sequência das recentes eleições autárquicas, e por ainda não o ter feito publicamente, Jorge Moreira felicitou o senhor presidente do município, José Brito e todos seus distintos colaboradores, ”por toda a amizade dispensada, dando continuidade ao engrandecimento do concelho, não esquecendo esta freguesia, podendo contar com todo o apoio possível”. Dirigiu-se igualmente aos membros do executivo desta freguesia, afirmando que “podem contar com total apoio, no sentido de em conjunto contribuírem para seu desenvolvimento e progresso, dando continuidade aos excelentes laços de corporação existentes com o anterior executivo, ao qual agradeço todo o trabalho realizado em prol da comunidade, liderado por Teresa Batista com seus colaboradores Benjamim Marques e Jorge Ramos”.

Continuou o presidente da direção referindo que “…no sentido do que em anos anteriores tem se tem vindo a efetivar nestas comemorações, entendeu a direção associar a esta efeméride a atribuição de um agradecimento público á Associação Humanitária os Bombeiros Voluntários de Pampilhosa da Serra, e a todos quantos que de qualquer forma tenham contribuído para que este corpo de Bombeiros continue a exercer sua Nobre missão no concelho, assim como em todos os locais para onde forem solicitados, temos todos ter plena consciência que um verdadeiro bombeiro voluntário, um verdadeiro Soldado de Paz, é capaz de em muitas situações arriscar sua própria vida para salvar seu semelhante, tendo apenas como prémio o consolo do bem-fazer e um agradecimento, embora por vezes tardio de quem se viu em aflição, estando a qualquer hora dia ou noite pronto a socorrer, saindo de seu quartel sem saber se voltarão salvos de uma missão cumprida na defesa de seu semelhante e seu património”. Dirigiu-se ao presidente da dos bombeiros, Dr. João Ramos, ao seu Comandante Marco Alegre, aos restantes membros do executivo e aos bombeiros presentes, “…em nome da Liga, e todos Pessegueirenses á boa maneira de nossas gentes, louvamos tão nobre ação, desejando a maior coragem para o bom desempenho de vossa difícil missão, agradecendo todo o apoio que sempre dispensaram à população Pessegueirense, reafirmando que, dentro do possível, podem contar com apoio desta instituição. Um Obrigado muito grande”.

Felicitou em especial o comandante Marco Alegre, “não só pelo excelente desempenho das funções em que lhe foram atribuídas, assim como ter sido indigitado para a função de coordenador municipal de proteção civil, na certeza de terá um bom desempenho”.

Deixou igualmente um agradecimento a todos os funcionários englobados no protocolo estabelecido entre a Liga e a Junta de freguesia de Pessegueiro, “pelos bons serviços prestados à comunidade, nas tarefas que lhes tem sido atribuídas, fazendo apelo para que o excelente relacionamento se mantenha entre toda a equipa, para que a freguesia continue a oferecer um bom acompanhamento de apoio social à população, e um aspeto paisagístico cuidado, para que nossos visitantes partam com vontade de voltar”.

A terminar, deu um cumprimento muito especial e sincero, agradecendo aos órgãos da comunicação regional que sempre tem divulgado suas iniciativas, deixando um apelo para que seja dado um destaque mais apelativo, de forma a contribuir para que os leitores sintam uma maior vontade em participar nas inúmeras atividades na região, e funcionar igualmente como um incentivo a quem promove essas iniciativas. Encerrou com um grande agradecimento pela presença de todos, na esperança que para o ano de 2019 possa acontecer o mesmo.

O representante da Casa da Comarca de Arganil, Armando Gonçalves, felicitou a comissão pela excelente ideia de recordar nossos soldados de paz, e cumprimentou os presentes agradecendo o convite que lhes foi endereçado, sentindo-se feliz por tal, sendo natural da aldeia de Coelhosa, aqui bem perto, tendo sido em Pessegueiro que frequentou a escola primária.

João Ramos, presidente da direção dos Bombeiros Voluntários, também um regionalista de renome, recordou que sendo da aldeia de Carvalho, ali bem perto, sempre gostou de Pessegueiro, confessando que quando era criança tinha pena de aqui não pertencer. Realçou o Corpo de Bombeiros que se honra de presidir, “pelo seu aprumo e dedicação ao seu semelhante, honrando a farda que vestem”. Agradeceu á coletividade que reconheceu seu valor e os seus préstimos, tendo destacado vários momentos vividos aquando dos recentes incêndios, e “a coragem destes soldados de paz lutando em defesa de seu semelhante e seu património”.

Benjamim Marques, o recente presidente eleito da Junta de freguesia de Pessegueiro,  após cumprimentar os componentes da mesa de honra, outras entidades e restantes presentes, agradeceu a sua presença naquele importante dia, assim como, agradeceu á Liga de Melhoramentos pelo convite que lhes foi feito, aceitando-o com toda a honra. Felicitou a coletividade por mais este aniversário, pela excelente ideia de prestar este bem merecido reconhecimento aos bombeiros, e por toda a colaboração que tem prestado à freguesia. O presidente da Junta deu ainda um destacado agradecimento, ao presidente da direção, ao Comando e a todo o Corpo da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Pampilhosa da Serra, por todo o apoio dado a esta freguesia, assim como todo o concelho, referiu, como já tinha sido salientado pelo presidente da direção da Liga que foi com toda a honra que a Junta de freguesia participou no equipamento oferecido a esta nobre instituição, na certeza da maior utilidade.

O senhor Comandante operacional Distrital, Carlos Luís Tavares, agradeceu o convite, sentindo-se honrado por estar junto da família Pessegueirense, já tendo algumas vezes passado por este aprazível local, mas nestas comemorações era a primeira vez, partindo com vontade de voltar. Elogiou o trabalho que os Bombeiros de Pampilhosa da Serra prestaram às populações nos últimos incêndios. “Não foi nada fácil devido á densidade das matas, mas cumpriram com orgulho sua difícil missão, fazendo tudo a seu alcance”, disse o CODIS.

Jorge Custódio, estava em duas missões, como vice-presidente do Município e como presidente da Assembleia da instituição, enaltecendo “os serviços que tem vindo e continuarão a prestar às populações ao longo dos seus 79 anos de existência, criando-lhes as melhores condições possível”. Como representante do Município agradeceu o convite, que aceitou com honra, salientou a desgraça que aconteceu á freguesia e concelho devido aos assoladores incêndios, “na freguesia houve graves prejuízos, mas felizmente não houve mortes, nem casas ardidas, mas no concelho houve, além de uma morte, 607 casas foram destruídas ou fortemente danificadas, sendo 283 de primeira habitação, estando em andamento uma comparticipação para minorar os prejuízos, estando a ser uma tarefa muito difícil para o Município acudir a tudo, embora tudo tenha feito a seu alcance”. O autarca informou ainda que estavam a ser realizadas reuniões em todas as freguesias, sensibilizando e esclarecendo as pessoas acerca dos apoios existentes. Pediu para que “não se plantem eucaliptos junto das casas que é altamente perigoso, plantando sim árvores de fruto, mantendo o máximo limpo em seu redor”. A terminar felicitou e agradeceu o ”nobre gesto e bem merecido para com os nossos saldados de paz, que não nos têm deixado envergonhados em lado nenhum”, rematando com um apelo para que “mais do que nunca é altamente necessário estarmos unidos, esquecendo problemas pessoais, porque só assim será possível e mais rápido reconstruir o que foi destruído, o município e as juntas de freguesia ajudarão em todo o possível”.

Assim terminou mais um importante evento que, além de comemorar mais um aniversário, foi reconhecido publicamente o mérito a quem de noite e dia luta pelo bem-estar de seu semelhante.

 Zé Manel

Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra todos os direitos reservados

webmaster

Top Desktop version

Este Website usa Cookies ..... Ver Politica e Privacidade