Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra

Liga de Fajão reelegeu Pedro Moreira como presidente da direção

A Liga Pró-melhoramentos da Freguesia de Fajão reuniu em assembleia-geral ordinária, no dia 28 de janeiro, pelas 10:30 horas, na Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra, em Lisboa.

Da convocatória enviada aos sócios e divulgada na comunicação social regional, constavam três pontos na Ordem de Trabalhos, que reservavam aquela sessão para a apresentação, discussão e votação do Relatório de Atividades e Contas do ano 2017 e respetivo parecer do conselho fiscal; a apresentação e discussão de qualquer outro assunto de interesse para a coletividade assim como para a freguesia de Fajão-Vidual e sua população; e a eleição de novos Órgãos Sociais para o biénio 2018 a 2020.

 

Sob a presidência de Carlos Simões, coadjuvado por Abel Carlos de Almeida que secretariou, a sessão iniciou-se com a leitura e aprovação da ata anterior, seguido da introdução de temas antes da ordem do dia. Neste período, o presidente do Conselho Fiscal, Paulo Jorge Nunes de Almeida pediu a palavra para dar conta que não estaria disponível para um novo mandato assim como não pretende continuar como associado. Justificou a sua decisão apontando várias razões, entre as quais por não concordar com o modo como foi organizado o Convívio Solidário para com os afetados pelos incêndios, em Lisboa, não tendo sido informado de tal e, por outro lado, levantou várias questões acerca da posse e destino dado aos fundos angariados. A estas questões colocadas respondeu a direção pelo seu presidente Pedro Moreira, informando o associado que a organização do Convívio Solidário não foi exclusiva da Liga de Fajão, mas sim uma organização conjunta de todas as coletividades fajaenses e a congénere de Vale Derradeiro, num total de 13 coletividades, ficando os fundos angariados à guarda da Liga de Fajão por decisão de todas as coletividades, estando atualmente a ser utilizado na aquisição de bens diversos para apoio à população da freguesia, aquisição de rações para animais, plantação de arvores e na reconstrução das casas e anexos agrícolas destruídos pelo incêndio, estando esses materiais a ser distribuídos pelo grupo ADRO Fajão-Vidual, apoiados e supervisionados no terreno pelos membros e delegados da Liga e por Carlos Simão, que recebem os pedidos de ajuda e avaliam as necessidades mais prementes junto da população afetada.

Já no primeiro ponto da ordem de trabalhos, Pedro Moreira, após cumprimentar os associados presentes, procedeu de seguida à apresentação do Relatório de Atividades e Contas de 2017, no qual se destacam; as comemorações do 84º aniversário; a realização da Festa de N.ª Sr.ª da Guia, em Fajão; a participação em várias iniciativas regionalistas; o êxito do 12º Encontro Convívio de Coletividades Regionalistas Fajaenses e Amigas realizado em Castanheira da Serra; a participação na organização do Convívio Solidário para com os afetados pelos incêndios, entre outras atividades.

Integrado no relatório, a direcção apresentou propostas de Votos de Agradecimento a várias entidades pampilhosenses, designadamente à Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra, Santa Casa da Misericórdia, Casa do Concelho, e também à delegação em Fajão. Foram também propostos Votos de Louvor à Junta de Freguesia de Fajão-Vidual e aos órgãos da imprensa regional, tendo todos sido aprovados.

Foi aprovado um Voto de Pesar pelos associados e familiares falecidos, tendo sido guardado um minuto de silêncio em sua memória.

Após o esclarecimento pormenorizado do relatório e das contas, designadamente o valor depositado na conta da Liga que está afeto ao Encontro Convívio anual de coletividades fajaenses e amigas, foi dada palavra a Paulo Jorge Nunes de Almeida, presidente do conselho fiscal que leu o parecer daquele órgão, no qual se propunha um voto de louvor à direção pelo entusiasmo, desempenho e competência demonstrados ao longo do mandato, e propunha a aprovação do Relatório e Contas de 2017. Ambas as propostas foram votadas e aprovadas por unanimidade dos votos.

No 2º ponto da ordem de trabalhos, entre outros foi abordado pelo presidente da mesa o tema do 13º Encontro Convívio de Colectividades Fajaenses e Amigas, que se vai realizar no dia 10 de Junho de 2018, em Vale Derradeiro, continuando uma tradição que se deve manter e que deverá continuar, esperando-se que a aldeia venha a criar as melhores condições para acesso aos autocarros.

Pedro Moreira informou que está constituída uma comissão de festas que vai em 2018 organizar a festa de N.ª Senhora da Guia, retomando assim uma grande tradição de Fajão e da freguesia.

Pela vice presidente Isaura Fernandes foi informado que a Casa de Convívio em Fajão sofreu diversos danos com os incêndios, havendo necessidade de se acionar o seguro. Informou que foi feita a avaliação dos estragos pela companhia seguradora, indo esta assumir o pagamento total do valor avaliado de danos, estando as obras prestes a iniciar, com reparação de portas, janelas e telhado.

A fase derradeira da sessão estava destinada à eleição de novos órgãos sociais para o biénio 2018-2020, tendo sido entregue na mesa uma lista candidata por proposta da direção cessante.

A lista para órgãos sociais candidata foi colocada á votação, tendo sido aprovada por unanimidade e aclamação. Assim, foram eleitos os seguintes associados:

Assembleia Geral

Presidente

Carlos Alberto da Costa Pereira Simões

Vice Presidente

José Pereira Simões

Secretário

Luís Augusto dos Santos Antunes

Direção

Presidente

Pedro Miguel Campos Moreira

Vice Presidente

Isaura do Carmo Costa Fernandes

1º Secretário

Jorge Manuel Dias Batista Gonçalves

2º Secretário

Rute Alexandra Mendes da Cruz

Tesoureiro

Daniel Rodrigues Brito de Almeida

1º Vogal

Vitor Manuel Lourenço Machado

2º Vogal

Sérgio Miguel Mendes Trindade

Suplente

Jorge Batista Santos Morais

Suplente

Alfredo Gonçalves de Almeida

Conselho Fiscal

Presidente

Fernando Iria Moreira

Secretário

Pedro Miguel Brito Moreira da Iria

Relator

José Luis Santos Costa

Delegação em Fajão

Delegado

Victor Manuel Batista Pereira

Delegado

Luís Carlos Nogueira Batista

Pela generalidade dos associados presentes na assembleia foi registado com agrado a reeleição do jovem Pedro Moreira para presidir à direção. É oriundo de Fajão e com antecessores familiares no regionalismo fajaense, como o seu avô e o seu pai Fernando Moreira que se mantem no conselho fiscal. O presidente reeleito tinha no anterior mandato tido a coragem de substituir no cargo a grande regionalista Isaura Fernandes, que se mantem ativa voltando a assumir o cargo de vice-presidente.

A encerrar o presidente da mesa e toda a assembleia aplaudiram a eleição e desejaram os maiores sucessos nesta nobre missão de servir a comunidade ao serviço desta octogenária coletividade regionalista.

Ficou encontro marcado para o dia 11 de março de 2018, pelas 12:30 horas, para o grande almoço comemorativo do 85º aniversário da Liga Pró-melhoramentos da Freguesia de Fajão, a realizar no restaurante Caravela de Ouro, em Algés.

Carlos Simões

Casa do Concelho de Pampilhosa da Serra todos os direitos reservados

webmaster

Top Desktop version

Este Website usa Cookies ..... Ver Politica e Privacidade